Parlamentares alemães propõem aumento de 19% do imposto sobre a carne

"Sou a favor de abolir a redução do IVA para carne e usá-lo [o dinheiro arrecado] para um bem maior", disse Friedrich Ostendorff, porta-voz do setor agrícola do partido alemão Alliance 90

Alemanha abateu quase 30 milhões de suínos, bovinos, caprinos, ovinos, equinos e aves no primeiro semestre de 2019 (Foto: Tras Los Muros)

Parlamentares alemães propuseram recentemente elevar o Imposto Sobre Valor Agregado (IVA) da carne em 19%. A justificativa é que esse é o percentual cobrado sobre produtos como leite de aveia, enquanto a carne atualmente tem um IVA de apenas 7%, o que é considerado injustificável.

“Sou a favor de abolir a redução do IVA para carne e usá-lo [o dinheiro arrecado] para um bem maior”, disse Friedrich Ostendorff, porta-voz do setor agrícola do partido alemão Alliance 90 ao jornal Die Welt.

Thomas Schröder, presidente da organização German Animal Welfare Federation, também acolheu a ideia de aplicar o IVA padrão aos produtos de carne, afirmando que “paralelamente ao imposto sobre CO2, também é preciso um imposto sobre a carne.”

De acordo com informações do Escritório Federal de Estatísticas, a Alemanha abateu quase 30 milhões de suínos, bovinos, caprinos, ovinos, equinos e aves no primeiro semestre de 2019.

Acredita-se que um aumento do IVA poderia estimular o consumo de produtos à base de vegetais, medida que também contribuiria para que a Alemanha alcançasse sua meta de redução das emissões de gases do efeito estufa em 31% até 2030.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here