Pesquisa estima crescimento de mais de 100% do mercado de alimentos veganos

"Nos últimos anos, houve um aumento no número da população vegana ao redor do globo"

Foto: Paul Yeung/Getty Images

De acordo com uma pesquisa da Allied Market Research, o mercado de alimentos veganos crescerá mais de 100% até 2026 em relação a 2018, com uma taxa de crescimento composta de 10,5%.

Segundo a AMR, preocupação com o consumo consciente tem favorecido a expansão do mercado. “Além disso, nos últimos anos, houve um aumento no número da população vegana ao redor do globo.”

A pesquisa, pautada principalmente em alternativas à carne e aos laticínios, cita o crescimento da intolerância à lactose como um fator que também tem elevado o consumo de produtos veganos.

“Espera-se que as inovações em sabor e textura, assim como os mercados em desenvolvimento, proporcionem grandes oportunidades em um futuro próximo.”

Fatores como abstenção e redução do consumo de alimentos de origem animal por motivações éticas e de saúde e conscientização sobre o surgimento de doenças zoonóticas como a covid-19, que trouxe à tona novas reflexões sobre o consumo de animais, também são favoráveis à expansão do mercado de alimentos veganos.

Mais crescimento e mudanças de consumo

Campanhas de conscientização sobre o aumento das emissões de carbono e mais uso de terra e água para produção de proteína animal também têm contribuído para fazer muitos repensarem suas relações de consumo.

Conclusão parecida é encontrada em um relatório da Meticulous Research, que estima ainda uma taxa de crescimento anual composta de 11,9% até 2027. Segundo a MR, o mercado pode atingir um valor equivalente a mais de R$ 392 bilhões até lá.

Hoje as próprias entidades representativas da indústria de alimentos e de outros produtos em diferentes partes do mundo sabem que há uma mudança global em andamento, e que as empresas que estão na contramão da produção tradicional terão cada vez mais a oferecer porque entendem que uma preocupação unilateral com o lucro não combina com consumo consciente e sustentabilidade.

Possivelmente por isso hoje sejam vistas pelos mais tradicionalistas como uma ameaça. Há um entendimento de que não é algo passageiro, mas sim demandas que resultam de uma nova consciência por parte de um número crescente de consumidores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here