Porcos devem ter o direito de viver

Eles ainda preservam inúmeras características de seus ancestrais

Um cão mantido confinado em um pequeno espaço o dia todo é visto como vítima de uma grande crueldade. Por outro lado, essa é a realidade comum dos suínos criados para consumo (Foto: Jo-Anne McArthur/We Animals)

Embora tenham mudado a partir de manipulação genética, os porcos ainda preservam inúmeras características de seus ancestrais, principalmente a inteligência e a consciência daqueles que viviam livremente em florestas.

Muito parecidos com os cães nesse aspecto, os porcos são animais sociáveis que nascem com aptidão para interagir e viver em grupo, não de forma isolada.

Por uma questão cultural, em nossa sociedade um cão mantido confinado em um pequeno espaço o dia todo é visto como vítima de uma grande crueldade. Por outro lado, essa é a realidade comum dos suínos criados para consumo.

Ou seja, tal reprovação não é partilhada em relação a animais que são vistos como fontes de produtos. Equivocadamente por isso muitos daqueles que sabem da exploração e privação vividas por essas criaturas não os consideram como seres com direito à vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here