Estudantes pedem e restaurante universitário oferece cardápio vegano

Atualmente os canadenses consomem 50% menos carne do que nos anos 1970

“Nos reunimos com [os alunos] regularmente durante o ano e sempre há mais pedidos por comida vegetariana e vegana” (Foto: Universidade de Waterloo/Divulgação)

Recentemente, estudantes da Universidade de Waterloo (UW), em Ontário, no Canadá, fizeram um pedido para que o restaurante universitário Frsh oferecesse um cardápio vegano. O pedido foi atendido e agora eles contam com inúmeras opções, incluindo carne de jaca, bacon de tempeh, tofu defumado e queijo vegano.

“Nos reunimos com [os alunos] regularmente durante o ano e sempre há mais pedidos por comida vegetariana e vegana”, disse o chef Gordon Cooledge, acrescentando que veganos podem comparecer ao restaurante a qualquer momento que não vão se decepcionar. De acordo com o gerente de sustentabilidade da Universidade de Waterloo, Mat Thijssen, um dos pontos positivos da mudança é que uma dieta baseada em vegetais é muito melhor para o meio ambiente.

Atualmente os canadenses consomem 50% menos carne do que nos anos 1970, e a previsão é de que o consumo deve cair ainda mais. “Há questões ambientais e problemas de saúde em torno da carne bovina. Não me lembro de um único estudo incentivando as pessoas a comerem mais carne”, disse o professor de política e distribuição de alimentos Sylvain Charlebois, que também é reitor da faculdade de administração da Universidade Dalhousie, em Halifax, em entrevista publicada pela CBC. Outra causa é o crescimento do vegetarianismo e do veganismo no país, conforme pesquisa da Dalhousie.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here