Empreendedora russa está desenvolvendo leite de sementes de papoula

Kristina Ivanova começou a produzir o próprio leite vegetal há três anos (Acervo: New Zealand Herald)

A empreendedora russa Kristina Ivanova, de 26 anos, anunciou esta semana que está desenvolvendo uma linha de leites vegetais à base de sementes de papoula e de sementes de abóbora, além de amêndoas e nozes – os dois últimos já estão à venda. “Muitas pessoas não sabem que as sementes de papoula têm a maior quantidade de cálcio, até mais do que o leite de vaca. Tem o mesmo gosto de um leite normal”, disse Kristina ao jornal New Zealand Herald.

A empreendedora, que deixou o seu trabalho como profissional de marketing em fevereiro, gastou até agora cerca de 20 mil dólares no desenvolvimento dos leites vegetais. Vivendo na Nova Zelândia, ela revelou que sentiu necessidade de mais opções não lácteas, então começou as próprias experiências há três anos. Recentemente, Kristina Ivanova criou uma campanha no Kickstarter para arrecadar 45 mil dólares para lançar o seu próprio negócio de leite vegano, que já recebeu o nome de Milk 2.0.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here