Sobre a carne de cordeirinho

Acho que não é preciso dizer que esse é o tipo de comércio incentivado a partir do consumo de carne

Cordeiros com apenas seis meses são mortos para atender uma predileção humana (Foto: Reprodução)

Em muitos países, e inclusive no Brasil, pessoas pagam para comer baby lamb, que nada mais é do que uma referência à carne de um cordeirinho com no máximo seis meses de idade, considerada “tenra e surpreendentemente macia”. Acho que não é preciso dizer que esse é o tipo de comércio incentivado a partir do consumo de carne. Abre-se precedentes para os mais bizarros tipos de práticas consumistas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here