Sul-coreanos produzem carne vegetal com mais proteínas que a bovina

Produtos à base de vegetais da Devotion Foods já atraíam quase R$ 25 milhões em investimentos

Búrguer com proteína vegetal texturizada está entre os produtos oferecidos pela Devotion Foods (Fotos: Devotion Foods/Divulgação)

Na Coreia do Sul, para atrair visibilidade e consumidores, uma foodtech está produzindo carnes vegetais que não apenas imitam as versões tradicionais, mas também oferecem mais proteínas.

Fundada por dois chefs de restaurantes com estrelas Michelin, a Devotion Foods dedicou um ano e seis meses ao desenvolvimento de seus primeiros produtos à base de uma combinação de grãos e proteína vegetal texturizada.

A iniciativa já atraiu quase R$ 25 milhões em investimentos, permitindo que a foodtech amplie a produção e distribuição de suas carnes vegetais.

Sobre as razões para investir nesses produtos, a Devotion destaca os benefícios ambientais envolvendo redução de desperdício de água e das emissões de gases de efeito estufa.

“Cinco bilhões de toneladas de excrementos de gado gerados a cada ano são uma das principais causas da poluição da água e do solo.”

O total de veganos na Coreia do Sul, país com população de pouco mais de 50 milhões, subiu para 500 mil em 2020, segundo dados da União Vegetariana da Coreia do Sul.

Considerando que há dez anos o total pouco passava dos 150 mil, isso significa uma mudança realmente significativa.

O que também tem motivado a UVC é que o número de pessoas reduzindo o consumo de carne no país pode chegar em breve a dez milhões. Além disso, a estimativa é de que 1,5 milhão já tiraram ou estão tirando a carne do prato.

Saiba Mais

Segundo a Devotion Foods, seus produtos também são livres de organismos geneticamente modificados (OGMs).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here