The Body Shop se compromete em virar uma marca vegana até 2023

“Nossa decisão de nos tornarmos uma marca vegana é um passo natural para a Body Shop”, diz o diretor global da marca, Lionel Thoreau

Foto: Midori de Luca/Divulgação

A marca global de produtos de beleza The Body Shop anunciou esta semana que está comprometida em virar uma marca vegana até 2023.

Por meio de um comunicado oficial, a empresa declarou que 60% dos seus produtos já são livres de utilização de animais, e que no momento uma prioridade é “veganizar” todo o seu catálogo.

“Nossa decisão de nos tornarmos uma marca vegana é um passo natural para a Body Shop”, diz o diretor global da marca, Lionel Thoreau.

“Graças à nossa fundadora Anita Roddick, fomos a primeira empresa de produtos de beleza a lutar contra os testes em animais na indústria cosmética e a primeira grande marca de beleza global a usar almíscar sem crueldade em nossas fragrâncias.”

Um passo determinante em prol do meio ambiente

Segundo a Body Shop, a meta estabelecida para 2023 reafirma um compromisso ético tanto com os consumidores que buscam produtos mais éticos e sustentáveis como também com os animais que já não terão a contribuição negativa da marca em suas vidas.

“É um passo determinante em nossos esforços em prol da sustentabilidade e do meio ambiente. Isso, junto com nossos programas globais de recarga e reciclagem torna a The Body Shop um destino para clientes que se preocupam com a ética”, reforça Thoreau.

A decisão da marca foi elogiada pela organização britânica The Vegan Society. “Essa mudança demonstra o compromisso em oferecer o melhor em produtos não apenas eficazes, mas que também respeitam o planeta.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here