Notícias

Três dias antes do abate, boi ganha novo lar na Escócia

Bullby está vivendo na fazenda do casal Kenny e Krissy Gray, nas imediações de Orban, onde compartilha uma rotina com vacas e ovelhas (Fotos: The Scotsman)

Em Oban, na Escócia, três dias antes de ser enviado para o abate, um boi livrou-se de ser reduzido a pedaços de carne.

Bullby, de pouco mais de um ano, não estava sendo criado para a indústria da carne, mas esse seria o seu destino se Charlotte Smith e Steven Khan não conseguissem um novo lar para o animal, segundo informações do The Scottsman.

O prazo para encontrar uma nova moradia para Bullby, ao terem de deixar a propriedade onde o animal vivia, terminaria nesta quarta-feira (19) em consequência da venda do imóvel.

Também seria hoje que a vida de Bullby chegaria ao fim precoce com sua ida para o matadouro. No entanto, o abate do boi foi evitado após sua história alcançar 2,5 milhões de pessoas nas redes sociais após um apelo de Charlotte.

“Ele é descornado, castrado, muito amigável. Seu nome é Bullby e nós pagaremos por suas despesas. Se alguém tiver alguma ideia para onde poderíamos levá-lo, agradeceríamos muito”, publicou Charlotte Smith em mensagem que teve mais de 29 mil compartilhamentos.

Uma vida com vacas e ovelhas

A repercussão garantiu milhares de mensagens e ofertas de um novo lar para Bullby, e não apenas na Escócia. Felizmente o jovem bovino teve a garantia de um novo lar mais perto do que Charlotte imaginava – em uma propriedade rural nos arredores do Castelo de Kilchurn, que também não é longe de onde Bullby morava.

Agora ele está vivendo na fazenda do casal Kenny e Krissy Gray, nas imediações de Orban, onde compartilha uma rotina com vacas e ovelhas. “Bullby está se juntando ao grupo”, comentou Krissy ao Scottsman.

“Eu disse a Charlotte que ela seria bem-vinda para trazê-lo até nós e que ela pode buscá-lo a qualquer momento.” Bullby está vivendo com a família Gray desde o domingo (16).

A princípio, ele manifestou um conflito de emoções – confiança e nervosismo, mas, segundo Krissy, já está se adaptando ao novo lar.

David Arioch

Jornalista e especialista em jornalismo cultural, histórico e literário (MTB: 10612/PR)

Posts Recentes

Rejeitado por Kataguiri, PL que propõe alternativa à tração animal será avaliado por outro relator

Depois de ser rejeitado pelo deputado e relator Kim Kataguiri (União-SP) na Comissão de Trabalho,…

2 minutos ago

A dor de ser bacon

Quando chegou em casa para o almoço, encontrou um porco na cozinha. Corpulento, ia de…

2 horas ago

Queda na criação de aves estimula grupo avícola a investir em proteínas vegetais

A Louis Dreyfus Company (LDC), maior grupo avícola da França, anunciou este mês que estima…

22 horas ago

Aveda é reconhecida como marca livre de crueldade animal pela CFI

De acordo com informações da organização Cruelty Free International (CFI), a fabricante de cosméticos Aveda…

23 horas ago

PL que cria regime jurídico especial para os animais aguarda votação

O PL 6045/2019, dos deputados federais Ricardo Izar (Republicanos-SP) e Weliton Prado (Pros-MG), que propõe…

24 horas ago

Por que nunca mais comeu frango

Colocou um frango resfriado na cesta e sentiu líquido viscoso. Fez cara de nojo. Trocou…

1 dia ago