Veganismo ajuda a elevar interesse por suplementos botânicos

Pesquisa cita o Brasil como um país promissor para o mercado de suplementos à base de plantas que fornecem nutrientes que contribuem para a manutenção da saúde

Previsão é de que os suplementos botânicos alcancem um valor global de mercado equivalente a mais de R$ 274 bilhões até 2027 (Foto: Reprodução)

De acordo com uma pesquisa da Grand View Research (GVR), o crescimento do veganismo e do vegetarianismo no mundo tem ajudado a elevar o interesse por suplementos botânicos, a partir da associação com ganho em qualidade de vida e saúde a partir de bons ingredientes de origem vegetal.

Como consequência, a previsão é de que os suplementos botânicos alcancem um valor global de mercado equivalente a mais de R$ 274 bilhões até 2027, com uma taxa de crescimento anual composta de 7,4%. Isso significa também que os consumidores estão reconhecendo mais a associação entre plantas e saúde.

“A demanda por nutrientes vegetais aumenta devido à presença de fitoquímicos que auxiliam na proteção contra várias formas de câncer, incluindo laringe, faringe, boca, pulmão e esôfago. Os fitoquímicos são compostos biologicamente ativos que protegem as células de danos que podem levar ao câncer”, exemplifica o relatório.

Brasil, um país promissor para suplementos à base de plantas

A crescente conscientização sobre diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares também deve influenciar a demanda por suplementos botânicos. A pesquisa cita o Brasil como um país promissor para o mercado de suplementos à base de plantas que fornecem nutrientes que contribuem para a manutenção da saúde.

“Espera-se que doenças associadas ao estilo de vida, como desnutrição, excesso de peso e pressão arterial, juntamente com o alto custo dos tratamentos médicos, criem consciência de saúde entre os consumidores, o que, por sua vez, deve alimentar a demanda por esses produtos”, acrescenta a GVR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here