Vegetariano que inspirou Old Parr teria vivido 152 anos

O monarca perguntou qual era o segredo para viver tanto: “Temperança moral e uma dieta vegetariana”

Segundo o livro “I Knew That About England”, lançado em 2005 por Christopher Winn, ele testemunhou dez monarcas ascenderem ao trono britânico (Imagens: Reprodução)

Em Great Wollaston, perto da estrada de Shrewsbury, no condado de Shropshire, com destino ao País de Gales, ergue-se uma pequena cabana de palha, berço e lar do homem que supostamente mais tempo viveu no Reino Unido. Acredita-se que Thomas Parr nasceu em 1483.

Segundo o livro “I Knew That About England”, lançado em 2005 por Christopher Winn, ele testemunhou dez monarcas ascenderem ao trono britânico. Ingressou no Exército aos 17 anos e retornou para casa com 35. Parr se casou pela primeira vez aos 80 anos, teve um filho aos 100 anos e casou-se pela segunda vez com 122 anos.

Quando o Velho Parr estava com 152 anos, o Conde de Arundel o levou até Londres para que ele conhecesse o Rei Carlos I. Intrigado, o monarca perguntou qual era o segredo para viver tanto: “Temperança moral e uma dieta vegetariana”, respondeu laconicamente.

Thomas Parr faleceu em novembro de 1635 e dizem que teria vivido mais se a poluição de Londres não tivesse contaminado seus pulmões acostumados ao ar puro de Shropshire. O túmulo dele pode ser visitado na Abadia de Westminster, em Londres. Em 1909, a figura lendária do velho vegetariano inspirou a criação do whisky Old Parr.

Referência

Winn, Christopher. I Never Knew That About England. Ebury Press (2005).





DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here