Aos 92 anos, veterinário aposentado constrói cadeiras de rodas para animais

Lincoln Parkes: "Eles são como crianças, uma vez que tenham sua independência”

A rotina de construção de cadeiras de rodas de Lincoln Parkes começa às 10h e termina às 20h (Fotos: Hannah Natanson/Amy Deisher)

Aos 92 anos, o médico veterinário aposentado Lincoln Parkes se dedica a construir cadeiras de rodas para animais. Tudo acontece em uma pequena oficina branca na pequena cidade da Baía de Chesapeake, nos Estados Unidos.

Cães, gatos, coelhos e galinhas já foram beneficiados pelas habilidades de Parkes, que começou a construir as primeiras cadeiras de rodas para não humanos na década de 1960, e desde então não parou mais, mesmo depois da aposentadoria como médico veterinário em 1991.

Vivendo em Oxford, no estado de Maryland, ele conta que gosta de dar aos animais uma vida melhor. “Se você colocá-los em uma cadeira de rodas quando eles não podem se locomover, isso lhes dará mobilidade para que possam usar as pernas da frente, e seu espírito os guiará – eles são como crianças, uma vez que tenham sua independência”, garante.

A rotina de construção de cadeiras de rodas de Lincoln Parkes começa às 10h e termina às 20h. Sua história de dedicação aos animais foi contada em um programa da AOL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here