Architects: “Ser vegano agora é a única opção que temos”

“Quero ver o dia em que cada produto será livre de crueldade”

Architects, banda britânica de metalcore composta somente por músicos veganos (Foto: Divulgação)

Fundada em 2004, a banda britânica de Metalcore Architects traz na sua formação somente músicos veganos – Sam Carter, Dan Searle, Alex Dean, Adam Christianson e Josh Middleton. Inclusive já tem alguns anos que o vocalista Sam Carter é embaixador da organização de conservação marinha Sea Shepherd. Um dos diferenciais do Architects, além das letras que abordam questões sociopolíticas e ambientais, é que não é raro os músicos chamarem a atenção para o veganismo ao final de seus shows. Um exemplo foi o que ocorreu na Brixton Academy, quando Sam Carter falou que a hora de mudar é agora.

“Ser vegano não pode mais ser apenas sobre empatia e benefícios à saúde. Ser vegano agora é a única opção que temos para ser uma geração que faz a diferença”, disse o vocalista. A banda também tem letras em que diz que estamos imersos em uma falsa democracia. Em “Nihilist”, Carter canta: “Salve a corporatocracia/A palavra de Deus escrita em binário/Salve a nossa apostasia/O encerramento de uma sinfonia profana”.

Em 2012, o Architects participou da campanha “Liberte-se, seja vegano”, idealizada pela peta2, em referência ao fato de que quando consumimos alimentos e produtos de origem animal estamos presos a um velho sistema que é nocivo para os animais e para nós mesmos – fazendo de todos nós reféns. Sendo assim, há uma contribuição à manutenção de algo que nos impede de nos tornarmos pessoas mais responsáveis em não causar mal aos outros.

Por causa dessa campanha, o Architects passou a receber algumas mensagens nada positivas. O falecido guitarrista e fundador Tom Searle relatou em entrevista à Noisey em março de 2015 que algumas pessoas ficaram extremamente irritadas quando viram o pôster. “Foda-se, você está morto pra mim!” e “Estou jogando fora os meus CDs” foram algumas das reações entre os fãs.

“Nos próximos anos, não quero olhar para trás pensando que eu poderia ter feito mais. Por isso, uso a minha plataforma de vocalista para espalhar mensagens de amor e compaixão. Quero ver o dia em que cada produto será livre de crueldade, o dia em que comer carne, a carne de outro animal, será visto como realmente é”, assinalou Sam Carter.

Em 2013, a banda participou de mais uma campanha de promoção do veganismo. No vídeo gravado pela peta2, os músicos defendem que, com relação à alimentação, há tantas delícias veganas e saudáveis, alimentos que não envolvem exploração e sofrimento animal, que não há motivo para escolhermos algo de origem animal.

Na entrevista à Noisey, Hannah Ewens apresentou o Architects como uma banda politizada, e cita como primeira justificativa o fato de todos serem veganos. Bem-humorado, Tom, valendo-se de um clássico clichê, declarou que não é difícil saber quando alguém é vegano: “Eles vão te dizer.”

Em abril de 2014, quem concedeu uma entrevista em nome do Architects ao Rock Ur Life foi o baixista Alex Dean. Léa Berguig pontuou que na atualidade há uma forte presença de músicos veganos nos cenários do metalcore e do hardcore.

“Sim, o veganismo definitivamente se tornou mais popular agora. Vejo muitos veganos em turnê. […] Quando falamos sobre veganismo com as pessoas, a maioria delas não sabe do que se trata. Mas parece que em turnê todo mundo sabe. Até mesmo músicos não veganos dizem que respeitam isso. Acho que é uma comunidade muito boa de compartilhamento de informações e ideias”, explicou Dean, acrescentando que quando fica bêbado ele se torna muito passional em relação ao veganismo e tenta “converter” algumas pessoas.

O baixista, que se tornou vegano em 2012, relatou que antes era vegetariano, mas assim que teve acesso a mais informações sobre a realidade da exploração animal não viu outro caminho a seguir que não fosse o veganismo. “Pra mim, definitivamente [o veganismo] é uma questão de direitos animais. Eu tinha que mudar o que eu estava fazendo porque era hipócrita fingir que eu respeitava os animais e então os comia. Isso não fazia sentido”, destacou.

Alex Dean revelou que eles não enfrentam nenhum problema por serem veganos, porque até mesmo o empresário da banda é vegetariano. “Sei que muitas pessoas têm dificuldade principalmente em relação ao queijo e ao chocolate, mas há muitas alternativas. E são muito melhores. Sei que isso pode soar intenso, mas acho realmente que o veganismo fez de mim uma pessoa melhor”, afirmou.

O Architects, que ocasionalmente compartilha algumas receitas veganas nas mídias sociais, vive uma popularidade ascendente. O mais recente clipe da banda, “Doomsday”, já alcançou mais de 16 milhões de visualizações. O vídeo homenageia o falecido guitarrista Tom Searle, irmão do baterista Dan Searle, vítima de melanoma (câncer de pele), e faz referência a Carl Sagan no livro “Conexão Cósmica”. Na obra, o cientista registrou que somos feitos de poeira de estrelas.

Saiba Mais

De 2006 a 2016, o Architects lançou os álbuns “Nightmares”, “Ruin”, “Hollow Crown”, “The Here and Now”, “Daybreaker”, “Lost Forever//Lost Together” e “All Our Gods Have Abandoned Us”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here