Ativistas repudiam retorno do rodeio a São Bento do Sapucaí (SP)

“O município ficou muito tempo sem rodeio. Qual é a necessidade de resgatar essa prática tão cruel?", lamenta Isadora Gutmann

Ativistas criaram um abaixo-assinado na plataforma Change.org contra a realização do rodeio na Expo Gaben, em São Bento do Sapucaí (SP), cidade que tem como prefeita a médica veterinária Ana Catarina Martins Bonassi (PP).

“O município ficou muito tempo sem rodeio. Qual é a necessidade de resgatar essa prática tão cruel? A Festa e os shows não precisam deixar de existir, já que são entretenimento. Mas assistir um animal ser explorado, torturado e humilhado não é”, lamenta Isadora Gutmann, responsável pelo abaixo-assinado que será usado para conseguir o máximo possível de apoio para pressionar contra a realização do rodeio.

A Expo Gaben será realizada do dia 13 ao 16 deste mês e a intenção é garantir uma intervenção da Prefeitura de São Bento do Sapucaí. “O evento foge da realidade do comportamento natural desses animais, que são dóceis, sensíveis e convivem em bandos de sua espécie”, diz Isadora.

“Para realização das atividades de um rodeio, são empregados métodos que são dolorosos e estressantes para os animais, além de ser um ambiente estranho com muitas pessoas e som alto, o que aumenta o estresse e o medo dos animais.”

No abaixo-assinado é citado também o sofrimento emocional dos animais, já que eles sentem-se ameaçados e perseguidos durante o rodeio. “Há laudos emitidos pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e do Instituto de Criminalística do Rio de Janeiro que corroboram esse fato.”

Isadora destaca que o rodeio é uma prática inconstitucional, se considerado o artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais (9.605/1998), que classifica como crime “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais”.

Além do rodeio, o abaixo-assinado chama atenção para uma atividade de montaria de carneiros que incentiva crianças a agarrarem a lã dos animais. “Alegam que os animais não sofrem maus-tratos. Mas e o risco de uma criança enfiar o dedo no olho de um animal? Há um risco tanto para os animais quanto para as crianças, já que não dá pra prever o comportamento do animal.”

Para participarem da atividade, segundo Isadora Gutmann, os responsáveis pelas crianças assinam um termo isentando a organização de responsabilidade em caso de “acidente”.

Clique aqui para acessar o abaixo-assinado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here