Brasil mata 1,419 bilhão de animais no segundo trimestre de 2020

É importante ponderar que os dados não consideram abates em matadouros clandestinos nem abate doméstico de animais

Entre abril e junho de 2020 foram mortos 12,07 milhões de porcos no Brasil, número 5,9% maior se comparado a 2019 (Foto: Andrew Skowron)

Você já se perguntou quantos animais são mortos para consumo no Brasil? Citando apenas bovinos, suínos e frangos foram mortos mais de 1,419 bilhão de animais no país no segundo trimestre de 2020, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados este mês.

1,40 bilhão de frangos mortos

Frangos são os animais mais abatidos para consumo e somaram 1,40 bilhão de mortes nos matadouros brasileiros no segundo trimestre deste ano.

O processo consiste em degolar aves penduradas com a cabeça para baixo em uma nória mecânica – equipamento que permite que os animais sejam mortos em série após a eletronarcose (choque).

Brasil amplia matança de suínos

Já os suínos ocupam a primeira posição quando falamos em mortes de mamíferos reduzidos à carne, e isto não somente no segundo trimestre ou só no Brasil, mas no mundo todo.

Entre abril e junho de 2020 foram mortos 12,07 milhões de porcos no Brasil, número 5,9% maior se comparado a 2019. Assim como os frangos, os suínos também são submetidos a eletronarcose (choque), um “processo de insensibilização”, que não é uma garantia total de insensibilização.

Afinal, animais que não sentem nada não teriam razão para se debater durante o processo de abate caso estivessem realmente insensibilizados. Pelo mesmo processo passam os bovinos, com a diferença de que o “atordoamento”, que consiste em inutilizar o cérebro do animal, é feito por uma pistola de dardo cativo ou marreta pneumática – que também não garante completa insensibilização.

7,17 milhões de bovinos mortos

Se você já viu vídeos de bois pendurados e se debatendo em matadouros fica fácil entender do que estou falando. Caso não tenha visto, é possível encontrá-los aos montes no YouTube. Mas voltando aos números, matamos 7,17 milhões de bovinos só no segundo trimestre de 2020.

É importante ponderar também que esses números não representam a totalidade de animais dessas três espécies abatidos no país. Afinal, são baseados em dados oficiais que envolvem matadouros que passaram por algum tipo de inspeção sanitária. Ou seja, não inclui informações de abate em matadouros clandestinos nem abate doméstico de animais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here