Brooklyn, uma referência para vegetarianos e veganos em Nova York

O apoio oficial surgiu quando o presidente do bairro, Eric Adams, adotou uma dieta livre de alimentos de origem animal

Promoção da dieta vegetariana ganhou força com a iniciativa do presidente do bairro, Eric Adams, que se tornou vegetariano em 2016 (Foto: Erica Sherman/Brooklyn Borough President’s Office)

O Brooklyn, em Nova York, nos Estados Unidos, tem se tornado uma referência para vegetarianos e veganos. Além do bairro contar com dezenas de estabelecimentos que atendem esse público, o próprio presidente do bairro é um incentivador do vegetarianismo e do veganismo.

O apoio oficial surgiu quando Eric Adams adotou uma dieta livre de alimentos de origem animal depois de ser diagnosticado com diabetes tipo 2 em 2016. Segundo o New York Times, uma boa dieta vegetariana permitiu que Adams perdesse quase 14 quilos e revertesse a sua diabetes.

Por isso, ele decidiu criar uma página para divulgar mais a alimentação vegetariana. Até então, a promoção do vegetarianismo era feita por ele no “boca a boca”, dialogando com os moradores do bairro sobre a sua própria história com o vegetarianismo e o quanto pode ser positivo não se alimentar de animais.

Na página Plant-Based Nutrition, do site do Brooklyn, o leitor encontra links que oferecem guias com todas as informações para quem quer começar a seguir uma dieta vegetariana. Também sugere a leitura dos livros “Como Não Morrer”, do médico Michael Greger; “O Plano Garfos em Vez de Facas”, de Alona Pulde e Matthew Lederman; e “O Programa de Reversão de Diabetes do Dr. Neal Barnard”.

Além disso, disponibiliza o endereço de lojas e restaurantes vegetarianos e veganos no bairro. Também divulga eventos veganos e sugere aplicativos para quem quer conhecer as opções livres de exploração animal no Brooklyn.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here