Deputado pede cancelamento de repasse em benefício de corrida de cães no RS

Ricardo Izar conta que pediu o imediato cancelamento do repasse de verba para a construção de um centro de eventos anexo a uma pista de corrida de cães

“A prática de corrida de cães envolve muito sofrimento, abuso, exploração de indivíduos que não pediram ou autorizaram sua submissão a eventos como esses” (Foto: Care2)

Ontem (21), o deputado Ricardo Izar (PP-SP) anunciou que pediu o cancelamento de um repasse de recursos que beneficia a corrida de galgos em Bagé (RS).

“Esta prática já encontra-se proibida no Uruguai e Argentina, tendo seus interessados direcionado ações desse tipo para nosso país. Protocolei ofício ao Ministério do Turismo, pedindo o imediato cancelamento do repasse de verba do Governo Federal para a construção desse centro de eventos anexo a uma pista de corrida de cães já existente no mesmo local desde 2012.”

Segundo o deputado, é papel constitucional do poder público impedir que atos cruéis, abusos e maus-tratos sejam aplicados contra animais não humanos. “A prática de corrida de cães envolve muito sofrimento, abuso, exploração de indivíduos que não pediram ou autorizaram sua submissão a eventos como esses”, acrescenta.

E reforça: “É por isso que tramita na Câmara dos Deputados projeto de lei de minha autoria, PL 1441/2019, que visa proibir esta atividade no país.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here