Campanha divulgada por Leonardo DiCaprio convence o governo russo a libertar mais de 100 baleias  

DiCaprio motivou os seus quase 19 milhões de seguidores no Twitter a assinarem uma petição contra o confinamento de baleias na Rússia

Graças ao apoio de DiCaprio a petição já se aproxima de um milhão de assinaturas (Imagem: Pixabay/UPI)

Depois que o ator e produtor Leonardo DiCaprio motivou os seus quase 19 milhões de seguidores no Twitter a assinarem uma petição pedindo a libertação de mais de 100 baleias mantidas em cativeiro na Rússia, o presidente Vladimir Putin tomou conhecimento da situação e ordenou que o ministro da ecologia, Dmitry Kobylkin, encontrasse uma solução.

Segundo a agência Reuters, Kobylkin confirmou esta semana que as baleias serão libertadas, mas enfatizou que isso não pode ser feito de qualquer jeito. A campanha pela libertação das belugas na Rússia começou em novembro de 2018 por iniciativa da russa Anastasia Ivanova, que denunciou ainda que havia a possibilidade dos animais serem encaminhados para aquários na China, onde seriam usados como entretenimento.

Após a divulgação da situação por DiCaprio, que soube da campanha por intermédio do Greenpeace, a petição contra o confinamento de baleias já se aproxima de um milhão de assinaturas. A atriz Pamela Anderson também se manifestou sobre o assunto, declarando que “notícias sobre a ‘prisão de baleias’ perto de Nakhodka, estão causando preocupação internacional.”

Você também pode assinar a petição – clique aqui.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here