Dolph Lundgren adota dieta à base de vegetais

“Estou tentando ser vegano há um mês. Um amigo meu, Arnold Schwarzenegger, produziu esse documentário chamado ‘The Game Changers’"

Dolph Lundgren também disse que tem se sentido mais leve e que é possível se divertir muito mais com uma dieta à base de vegetais (Fotos: Getty)

Hoje (4), durante participação no programa inglês “Good Morning Britain”, da ITV, o ator sueco Dolph Lundgren, que conquistou projeção internacional depois de interpretar o boxeador Ivan Drago no filme “Rocky IV”, de 1985, disse aos apresentadores Piers Morgan e Susanna Reid que adotou uma dieta à base de vegetais há um mês, desde que assistiu ao documentário “The Game Changers”, dirigido por Louie Psihoyos.

“Estou tentando ser vegano há um mês. Um amigo meu, Arnold Schwarzenegger, produziu esse documentário chamado ‘The Game Changers’. Eu o conferi e agora estou experimentando”, declarou esta manhã o ator que em 2018 interpretou Nereus em “Aquaman”.

Dolph Lundgren também disse que tem se sentido mais leve e que é possível se divertir muito mais com uma dieta à base de vegetais do que com uma alimentação típica de lutador, que consiste em arroz e frango.

Em evidência desde que foi lançado em setembro, “Game Changers”, que no Brasil foi lançado pela Netflix com o nome “Dieta de Gladiadores”, mostra que atletas podem prosperar e garantir grandes resultados seguindo uma dieta à base de vegetais.

Na semana passada, o diretor do documentário, Louie Psihoyos, que venceu o Oscar em 2009 com o filme “The Cove”, relatou em participação ao podcast Joe Rogan Experience que na década de 1970 estava produzindo uma reportagem para a revista Fortune sobre as maiores fazendas de gado dos Estados Unidos quando decidiu mudar seus hábitos alimentares.

“Havia uma [fazenda] em Oklahoma que era tão grande que eles tinham o seu próprio matadouro. Eles matavam esses animais com uma captive bolt pistol [pistola de atordoamento em que um dardo penetra o cérebro da vítima]. Isso deveria ser instantâneo, mas havia um animal que continuava vivo.”

E acrescentou: “Naquele momento, ele estava pendurado de cabeça para baixo, sua pele foi arrancada e ele continuava me observando e me seguindo com os olhos enquanto se debatia. Pensei: “Sou parte disso, então parei de comer carne em seguida.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here