Filho de Jacques Cousteau vai ajudar no desenvolvimento de alternativas aos “frutos do mar”

Cousteau: "Os impactos da BlueNalu podem levar a uma melhoria significativa da nossa saúde global e da sustentabilidade de nossos oceanos”

Pierre-Yves: “Estou animado em contribuir com esses visionários” (Foto: Cabo News Today)

O filho do renomado conservacionista Jacques Cousteau, Pierre-Yves Cousteau, agora faz parte do conselho consultivo da BlueNalu, uma startup sediada em San Diego, nos Estados Unidos, que está desenvolvendo alternativas aos “frutos do mar” a partir de células cultivadas em laboratório. O objetivo é contribuir para acabar com a captura de camarões, lagostas, polvos, lulas e mexilhões.

“A equipe da BlueNalu é a mais experiente do setor e é claramente capaz de administrar a escala desse empreendimento, e estou animado em contribuir com esses visionários. Tenho uma relação muito pessoal com o mar, e os impactos da BlueNalu podem levar a uma melhoria significativa da nossa saúde global e da sustentabilidade de nossos oceanos”, justificou Cousteau em um comunicado oficial da startup.

Outras empresas também estão investindo em empreendimentos que ajudem a reduzir o impacto na vida marinha.  Em agosto do ano passado, a Good Catch Foods, também dos EUA, arrecadou 8,7 milhões de dólares para investir em alternativas ao consumo de peixes e de “frutos do mar”. Alternativas veganas ao atum, aos hambúrgueres de peixes e aos alimentos baseados em siri estão entre as apostas da Good Catch.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here