Jamie Oliver diz que seria brilhante se escolas não oferecessem mais carne

"Geralmente, o que uma criança e uma família precisa é o mesmo que o planeta precisa - mais vegetais, mais oleaginosas, mais sementes, mais legumes"

A defesa do corte de carne nas escolas veio à tona durante entrevista sobre o seu novo programa de culinária Meat-Free Meals (Refeições Sem Carne em tradução livre) (Foto: Divulgação)

Em entrevista ao The Herald Scotland em agosto, o chef britânico Jamie Oliver disse que seria brilhante se as escolas não oferecessem mais carne. “A ideia das escolas se tornarem veggie é uma ideia brilhante – e economizaria muito dinheiro”, declarou.

Para o chef, a coisa mais moralmente errada com a qual é preciso lidar agora é que, muitas vezes, a opção melhor ou mais saudável é mais cara. “Definitivamente precisamos de governos ao redor do mundo pra subsidiar alimentos melhores”, defendeu.

E acrescentou: “Geralmente, o que uma criança e uma família precisam é o mesmo que o planeta precisa – mais vegetais, mais oleaginosas, mais sementes, mais legumes. Se eu tivesse uma varinha mágica, adoraria ir a David Attenborough e dizer: ‘Podemos fazer um programa chamado My Health, My Planet?’ Porque acho que a conversa agora é esta.”

A defesa do corte de carne nas escolas veio à tona durante entrevista sobre o seu novo programa de culinária Meat-Free Meals (Refeições Sem Carne em tradução livre), que estreou no Channel 4 esta semana e acompanha Jamie Oliver em viagem pelo mundo em busca de pessoas com ideia inovadoras de pratos saborosos à base de vegetais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here