Maior prêmio britânico do cinema serve comida vegana

Medida foi comemorada pelo vegano Joaquin Phoenix, que durante o Bafta recebeu o prêmio de melhor ator pela sua interpretação como Coringa na obra homônima

Phoenix aproveitou para criticar a falta de diversidade entre os indicados ao Oscar britânico (Foto: Getty/Bafta/Divulgação)

No último domingo (2), o Bafta, considerado o maior prêmio britânico do cinema, também fez modificações no cardápio e ofereceu entradas e sobremesas sem ingredientes de origem animal como parte de uma proposta que visa tornar o evento mais sustentável.

Dame Pippa Harris, que atualmente comanda o Bafta, disse à agência de Notícias PA que “assim como todo mundo, eles estão cada vez mais preocupados com o impacto das mudanças climáticas.”

E continuou: “No último ano e intensamente nos últimos oito meses, todo mundo tem trabalhado em todas as áreas para garantir que, ao no final do dia, tudo seja neutro em carbono. ”

A mudança no menu foi comemorada pelo vegano Joaquin Phoenix, que durante o Bafta recebeu o prêmio de melhor ator pela sua interpretação como Coringa na obra homônima.

Em seu discurso, Phoenix aproveitou para criticar a falta de diversidade entre os indicados ao Oscar britânico. “Nós mandamos uma mensagem muito clara para pessoas de cor de que elas não são bem-vindas aqui. Não acho que qualquer um deseje tratamento preferencial, apesar de ser o que damos a nós mesmos todos os anos. Acho que as pessoas querem apenas ser reconhecidas, admiradas e respeitadas por seu trabalho.”

E acrescentou: “”Essa não é uma crítica hipócrita, e me envergonho em dizer que sou parte do problema. Não fiz tudo que poderia para garantir que a estrutura fosse mais inclusiva. Acredito que o caso vai além de criar um ambiente multicultural. Precisamos fazer o trabalho duro para entender o racismo sistêmico.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here