“Não teremos paz enquanto derramarmos sangue de animais”

“Foi necessário um pequeno passo baseado na matança de animais para que fossem construídas as câmaras de gás de Hitler e os campos de concentração de Stalin"

“Não haverá justiça enquanto o homem empunhar uma faca ou outra arma para destruir seres mais fracos que ele”, queixou-se (Fotos: Getty)

No livro “Food for the Spirit: Vegetarianism and the World Religions”, de Steven Rosen, lançado em 1987, o escritor judeu e vegetariano Isaac Bashevis Singer afirmou que não teremos paz enquanto derramarmos sangue de animais.

“Foi necessário um pequeno passo baseado na matança de animais para que fossem construídas as câmaras de gás de Hitler e os campos de concentração [gulags] de Stalin. Todas essas ações foram praticadas em nome da [suposta] justiça social. Não haverá justiça enquanto o homem empunhar uma faca ou outra arma para destruir seres mais fracos que ele”, queixou-se.

5 COMENTÁRIOS

    • Hitler não era vegetariano, o que é atestado por dois dos seus maiores biógrafos, Albert Speer e Robert Payne. Há tb o livro Gourmet Cooking Book, escrito por uma chef de Viena que colocou no livro todas receitas favoritas do Hitler, e todas a base de carne. Há também o livro “Hitler, Neither vegetarian nor animal lover”. Todos os campos de concentração possuíam abatedouros, e houve uma intensa experimentação científica em animais. Até mesmo os métodos de tortura de judeus tem uma profunda ligação com o que a indústria estava fazendo com os animais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here