Fundador da Sea Shepherd ganha mais um documentário sobre o seu trabalho em defesa dos oceanos

“A mensagem que tento transmitir a todos é muito simples. Se os oceanos morrerem, todos morreremos"

Watson: “São 42 anos de campanha em prol da vida selvagem no oceano” (Foto: Barbara Veiga/Sea Shepherd)

O fundador da organização de conservação da vida marinha Sea Shepherd, o canadense Paul Watson, ganhou no mês passado mais um documentário sobre a sua vida como um ambientalista defensor dos oceanos.

Dirigido por Lesley Chilcott, de documentários como “Uma Verdade Inconveniente”, o filme “Watson” é qualificado pelo próprio homenageado como um bom trabalho. “Realmente cobre a minha vida – é mais do que ‘Whale Wars’. São 42 anos de campanha em prol da vida selvagem no oceano”, disse Watson ao jornal diário AM New York.

“Whale Wars – Defensores de Baleias” foi uma série veiculada pelo Animal Planet em 2008, que mostrava as táticas do grupo para bloquear navios baleeiros e garantir que as leis contra a caça de grandes mamíferos marinhos como as baleias fossem respeitadas.

À frente da Sea Shepherd, Watson fez história, e hoje a Sea Shepherd provavelmente é a organização mais conhecida quando se fala em ações diretas de defesa da vida marinha. E foi por querer buscar esse caminho que Paul Watson se afastou da organização do meio ambiente mais famosas do mundo – o Greenpeace.

Watson justifica que a sua saída do Greenpeace teve um motivo bem simples – uma agenda passiva e ineficaz. Além do seu trabalho contra navios baleeiros e caçadores marinhos, Watson se orgulha do trabalho que a Sea Shepherd faz limpando praias e oceanos de várias partes do mundo.

Com mais de quatro décadas atuando em defesa dos oceanos, Watson sintetiza com simplicidade e objetividade o seu chamado para esse trabalho: “A mensagem que tento transmitir a todos é muito simples. Se os oceanos morrerem, todos morreremos.”

Saiba Mais

Em 2011, o fundador da Sea Shepherd ganhou um documentário intitulado “Eco-Pirate: The Story of Paul Watson”, dirigido por Trish Dolman.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here