PL que estimula mercado de produtos veganos está parado na Câmara

Proposta foi encaminhada para a Comissão de Finanças e Tributação em abril, mas até hoje não passou por análise que permitiria o avanço da proposta

(Foto: Pixabay/Alexas Fotos)

Protocolado em março pelo deputado federal Eduardo Bismarck (PDT-CE), um projeto de lei que visa estimular o mercado de produtos veganos foi encaminhado para a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados em abril, mas até hoje não passou por nenhuma análise que permitiria o avanço da proposta. Também não houve designação de relatoria.

O PL 534/2020 prevê isenção de Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) por cinco anos para empresas que produzem alimentos veganos. “Entende-se como alimentos veganos aqueles não provenientes de carne, leite e derivados do leite, ovos e derivados do ovo, mel ou qualquer outro produto de origem animal”, destaca Bismarck no PL.

Ele frisa que o Brasil hoje tem um mercado de produtos veganos industrializados em crescimento. No entanto, a oferta ainda não se expandiu o suficiente para garantir que os preços sejam acessíveis à população.

“Consideramos imprescindível que sejam concedidos incentivos a essas empresas para que ampliem sua capacidade de operação e elevem a oferta de alimentos veganos, atendendo a este crescente público, o que culminará na redução do preço para o consumidor final e estimulará a indústria.”

O que você acha da proposta? Clique aqui e registre sua opinião.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here