Reebok anuncia tênis de corrida à base de plantas

O produto que deve chegar ao mercado a partir de março de 2020 é feito de mamonas, algas, eucalipto e látex natural

Segundo a marca, tênis Forever Floatride GROW é parte de um compromisso em reduzir o uso de plástico e outras matérias-primas que geram grande impacto ambiental (Foto: Divulgação)

Na semana passada, a Reebok anunciou o seu primeiro tênis de corrida à base de plantas. O produto que deve chegar ao mercado a partir de março de 2020 é feito de mamonas, algas, eucalipto e látex natural.

Segundo a Reebok, todas as matérias-primas são de origem sustentável, e o tênis Forever Floatride GROW é parte de um compromisso em reduzir o uso de plástico e outras matérias-primas que geram grande impacto ambiental.

Este ano a Reebok lançou no Brasil o tênis “NPC UK Cotton & Corn”, fabricado com produtos naturais e livre de matéria-prima de origem animal. Segundo a empresa, o calçado é feito basicamente de algodão orgânico e milho.

A marca diz que foram necessários cinco anos para a Reebok concluir o desenvolvimento do tênis de algodão e milho. O obstáculo maior foi encontrar fornecedores de matéria-prima.

Embora o “Cotton & Corn” seja considerado sustentável, ainda não é completamente biodegradável (75%). A Reebok explicou que está trabalhando em uma versão compostável do tênis, para que os consumidores possam enterrá-lo no quintal quando deixarem de usá-lo.

“Considerando os 20 bilhões de pares de tênis feitos por ano, começamos a desenvolver um que respeitasse o meio ambiente. O primeiro passo foi investir em produtos naturais. Depois dessa pesquisa, iniciamos os testes e comprovamos que é possível criar um tênis à base de plantas com os mesmos benefícios dos convencionais”, enfatiza o vice-presidente da Reebok Future, Bill McInnis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here