Seres humanos não precisam do leite de outros animais

Mas não se preocupe, há muitas opções saudáveis para se obter cálcio

Como esse consumo há muito tempo se tornou um hábito, e muitas vezes mais associado ao paladar do que à saúde, muitas pessoas não veem motivo para parar (Foto: Getty Images)

Leite é um alimento produzido por mamíferos para alimentarem seus bebês. Realmente seres humanos dependem do leite, mas somente até o momento em que seu sistema digestivo se adapte a uma alimentação sólida. Nesse período, não é necessário mais do que o leite materno. Depois que passam a se alimentar de sólidos, o consumo de leite é dispensável. Porém, como esse consumo há muito tempo se tornou um hábito, e muitas vezes mais associado ao paladar do que à saúde, muitas pessoas não veem motivo para parar.

Quando você não consome leite, muitas pessoas estranham e perguntam quais são suas fontes de cálcio, vitamina D, riboflavina e outros nutrientes. Isso é um problema cultural, porque vivemos imersos em uma realidade em que o consumo de laticínios foi tão bem promovido como essencial pela indústria que é difícil para tanta gente assimilar o fato de que não precisamos de leite para obter esses nutrientes.

Prova disso é o estudo “Three Daily Servings of Reduced-Fat Milk – An Evidence-Based Recommendation?”, publicado no jornal JAMA Pediatrics, pelos pesquisadores Walter Willett e David Ludwig, do Boston Children’s Hospital. Willett, que é médico e tem doutorado em saúde pública, é professor de nutrição e epidemiologia da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard e chairman do Departamento de Nutrição da Universidade Harvard.

Basicamente o trabalho refuta a suposta necessidade dos seres humanos consumirem leite de animal de outra espécie e ainda aponta as consequências do excesso de laticínios. Mas não se preocupe, há muitas opções saudáveis para se obter cálcio. Alguns exemplos são tofu, aveia, feijão-branco, brócolis, laranja, couve, gergelim, linhaça, lentilha, agrião, espinafre, batata-doce, amêndoas, alface, agrião, salsa, beterraba e mamão, além de outras frutas, oleaginosas, sementes e grãos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here