CEO da Tyson Foods: “Se pudermos produzir a carne sem o animal, por que não?”

Tom Hayes é o CEO da segunda maior indústria de carne do mundo

Hayes reconheceu que as proteínas baseadas em vegetais já estão se tornando “uma parte substancial” do mercado (Acervo: CNBC)

Tom Hayes é o CEO da segunda maior indústria de carne do mundo, a Tyson Foods, dos Estados Unidos, que está atrás apenas da brasileira JBS. Ontem, em entrevista à Bloomberg, ele disse que ainda não é capaz de imaginar um mundo sem animais criados e usados para consumo humano. O CEO comentou que pelo menos acredita que não verá uma mudança tão visceral até o final de sua vida.

No entanto, ele reconheceu que as proteínas baseadas em vegetais já estão se tornando “uma parte substancial” do mercado e que essa diversidade é crucial no mundo em que vivemos atualmente. A Tyson Foods não produz ainda substitutos da carne. Porém, está investindo em empresas que já estão inseridas nesse meio. “Se pudermos produzir a carne sem o animal, por que não?”, declarou.

Nos dias 6 e 7 de setembro, a Tyson Foods vai participar da Good Food Conference, uma conferência global que discute a substituição da carne por alternativas baseadas em vegetais e por carne cultivada em laboratório. Em março do ano passado, Tom Heyes disse à Fox Business que a proteína de origem vegetal pode ser a proteína do futuro.

Também foi em 2017 que a Tyson Foods se tornou uma das acionistas da Beyond Meat, uma startup sediada em Los Angeles que produz alternativas vegetarianas e sustentáveis à carne. Além disso, destinou 150 milhões de dólares a um fundo de capital de risco voltado para startups que criam substitutos de carne.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here