Vacas não produzem leite para consumo humano

Não há solução que não seja a completa abstenção de produtos de origem animal, caso você tenha empatia ou respeito pelos animais

Leite de vaca existe essencialmente como alimento para bezerros, não humanos (Foto: Animal Equality)

Muitas pessoas não entendem o simbolismo da abstenção do consumo de leite. Até mesmo alguns defensores dos animais dizem que consomem o leite da “vaca criada pelo tio, avô, pai, etc”, como se isso pudesse legitimar o leite de vaca como alimento humano. É o seguinte:

Ao consumir leite de vaca, você diz que tal leite existe para consumo humano. Afinal, se não pensasse assim, você não consumiria. Nisso já existe uma relação de conveniência que você criou com a vaca, não ela com você – já que vacas nascem apenas com aptidão inerente de alimentar os próprios filhos – assim como mães humanas.

Ao defender que está tudo bem em consumir leite, você manda uma mensagem de permissividade, “de que todo mundo também poderia fazer o mesmo”.

Além disso, como você pretende manter a vaca em estado prolongado de lactação, para ter o “seu sagrado leite diário”, sem submetê-la a atividades sexuais? Ou inseminação? Isso não seria também violação? Até porque você determinaria quando ela poderia entrar em fase de prenhez e lactação.

Me diga também como pode ser possível esse sistema de consumir leite da vaca criada por você, pelo tio ou por quem quer que seja funcionar para bilhões de pessoas? Não existe forma de fornecer tanto leite para tanta gente no mundo em outro sistema que não seja o industrial.

No mundo atual, não há outro meio de explorar animais que não seja de maneira cada vez mais intensiva. Afinal, a população cresce a cada dia. Logo não há solução que não seja a completa abstenção de produtos de origem animal, caso você tenha empatia e/ou respeito pelos animais.

Agora se insistir em outro caminho, apenas perpetua-se o incentivo à exploração, ainda que você acredite que não tome parte dele.

Conheça seis motivos para você não consumir laticínios – clique aqui. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here