Ex-pecuarista investe em leite de aveia no Reino Unido

Oportunidade veio com o apoio do projeto Refarm’d, que decidiu contribuir com o casal que vive na fazenda Bradley Nook em Ashbourne, na Inglaterra

“Jay e Katja ficaram impressionados com nosso conceito e sentiram que complementa o que estão planejando fazer no resto da fazenda” (Foto: Divulgação)

O produtor rural britânico Jay Wilde, protagonista do premiado documentário “73 Cows”, que conta sua história de abandonar a pecuária por se opor à exploração de animais com fins de consumo, agora está investindo na produção de vegetais orgânicos e de leite de aveia em parceria com a esposa Katja.

A oportunidade veio com o apoio do projeto Refarm’d, que decidiu contribuir com o casal que vive na fazenda Bradley Nook em Ashbourne, na Inglaterra. A iniciativa, além de auxiliar pecuaristas que querem fazer uma transição para a produção de leites vegetais, também os ajuda a transformar suas propriedades em santuários de animais.

“Com quase 30 anos, Jay se juntou a um grupo de meditação transcendental para aliviar o estresse das jornadas diárias de 15 horas de trabalho. Lá, conheceu pessoas que escolheram ser vegetarianas por razões éticas. Isso estava de acordo com seus próprios sentimentos em relação aos animais, então ele decidiu se tornar vegetariano”, relata o Refarm’d.

Transformação veio em 2017

No entanto, por muito tempo ele ainda continuou atuando na produção de leite por influência das circunstâncias e das tradições agrícolas. Mas isso mudou em 2017 com uma campanha lançada pela The Vegan Society, que apoia pecuaristas na transição para o cultivo de vegetais orgânicos. Jay Wilde abraçou a iniciativa.

Logo a maior parte do seu rebanho foi enviada para o Hillside Animal Sanctuary. Porém, Jay e a esposa decidiram manter 17 vacas leiteiras que até hoje vivem na fazenda Bradley Nook.

“Jay e Katja ficaram impressionados com nosso conceito e sentiram que complementa o que estão planejando fazer no resto da fazenda: produzir alimentos que não tenham causado danos a ninguém e ainda beneficiar a natureza. Com isso, agora os consumidores locais podem se inscrever em nosso site ou aplicativo para receberem o leite de aveia orgânico a artesanal da fazenda Bradley Nook.”

Clique aqui para saber mais sobre o projeto Refarm’d.

1 COMENTÁRIO

  1. Levo fé nesse clube dos “ex”. Ex pecuaristas, ex caçadores, ex toreadores, ex açougueiros, ex matadores de animais. Geralmente se mostram ardorosos defensores dos animais que exploraram, torturaram ou comercializaram, demonstrando em pensamentos, palavras e atitudes, a radical mudança de comportamento, após regenerados. Alguns destes humanos sentem que apenas mudar, é pouco, precisam se posicionar mais efetivamente à frente das hostes veganas e se destacam nas passeatas e campanhas, nas primeiras fileiras, de peito aberto, corajosos e resolutos, gritando mais alto, em lágrimas até, todo o seu amor pelos animais que maltrataram, quando eram maus, porque agora são bons, gloria a Deus, aleluia!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here